Supermercados e padarias contratarão 12,3 mil temporários

/ / Acontece no Café
Crise à parte, Minas Gerais vai ganhar 60 novos supermercados até o fim deste ano. O investimento, de R$ 440 milhões, é menor que os R$ 492 milhões do ano passado. Mesmo assim, o setor se prepara para comemorar um crescimento de no mínimo 2,5% no faturamento total. Para a reta final do ano, as expectativas são ainda mais otimistas. “Para o Natal, vamos gerar 3.300 empregos temporários e, desse total, 15% devem ser efetivados”, afirma o presidente da Associação Mineira de Supermercados (Amis), Alexandre Poni. Somados aos 9.000 postos que as padarias devem abrir, serão 12,5 mil contratações temporárias.Nesta terça-feira (16), durante a abertura da Superminas – feira dos setores supermercadista e da panificação –, Poni destacou que as previsões de negócios são otimistas. “O evento é muito importante porque aproxima os supermercadistas dos grandes fornecedores. Mais de 350 produtos serão lançados, estamos projetando algo em torno de R$ 1,8 bilhão”, ressalta.Entre as estratégias, a diversificação se destaca. De Capelinha, no Vale do Jequitinhonha, a indústria de café que leva o mesmo nome da região resolveu expandir o mix. “Estamos lançando linhas de cappuccino, leite em pó e seis sabores de refresco. Apesar de o café ser um hábito muito forte, queremos aproveitar melhor a sazonalidade, com produtos para todas as estações do ano”, explica o presidente da Café Jequitinhonha, Luiz Carlos Moreira Barbosa.

Fundada em 1998, a marca está presente em mais de 220 cidades. “Estamos investindo R$ 10 milhões na expansão. Hoje temos 60 empregados e, com a ampliação, devemos aumentar em mais 50%”, explica Barbosa.

Para driblar a queda generalizada nos gastos do consumidor, a Apreciare resolveu apostar no ramo da saúde e investiu mais de R$ 1 milhão em oito lançamentos de bebidas lácteas à base de proteínas. “Devido ao momento econômico mais conturbado, as pessoas estão buscando produtos nos quais enxerguem qualidade. Aqui no Brasil, é comum as pessoas cultivarem os grãos do kefir, então acabamos de lançar o produto já pronto para o consumo”, destaca a gerente de marketing da Trevo Lácteo, Clara Ribeiro.

Modernidade no pão

Em sua 32º edição, a Superminas também ressalta as novidades da panificação. Segundo o diretor da Associação Mineira da Indústria da Panificação (Amip), Vinícius Dantas, afirma que a estratégia do segmento tem sido investir em modernização e tecnologia, como caminhos para otimizar a produtividade.

Para o ano, a expectativa é de um crescimento de 3%. “Para o Natal, o setor deve aumentar as contratações em 10%, isso significa 9.000 empregos temporários”, diz Dantas.

32ª Superminas

Quando: De 16 a 18 de outubro

Onde: Expominas

Expectativa de negócios: R$ 1,85 bilhão

Público esperado: 54 mil pessoas

Lançamentos previstos: 350

Saiba mais sobre os setores: 14 mil padarias | 7.123 supermercados | R$ 44 bilhões de faturamento

Empregos temporários: 9.000 nas padarias | 3.300 nos supermercados

Fonte: Minas1